CARACTERÍSTICAS CLÍNICAS E SOCIODEMOGRÁFICAS DE ESTOMIZADOS NA REGIÃO OESTE DO PARANÁ

  • Andressa Nogueira Faculdade de Medicina de São Jose do Rio Preto-FAMERP.
  • Ana Paula Cozza Faculdade de Medicina de São Jose do Rio Preto-FAMERP
  • Mariana Fachine Faculdade de Medicina de São Jose do Rio Preto-FAMERP
  • João Batista Vieira Faculdade de Medicina de São Jose do Rio Preto-FAMERP
  • João Júnior Gomes Faculdade de Medicina de São Jose do Rio Preto-FAMERP
Palavras-chave: Estomia, Perfil epidemiológico, Estomaterapia

Resumo

Objetivo: analisar as características sociodemográficas e epidemiológicas dos usuários cadastrados em uma associação de estomizados do Paraná. Metodologia: trata-se de uma pesquisa documental, descritiva com abordagem quantitativa realizada no NROOP, por meio de análise das informações registradas nos prontuários. Este estudo passou por autorização da Instituição e seguiu as normas preconizadas pelo CEP. Resultados: o sexo feminino representa maior porcentagem 53% dos participantes, idade acima de 60 anos representa 43%. Quanto ao tipo de estoma 57% apresentam colostomia. O diagnóstico de maior prevalência foi à neoplasia de colón e reto em 78%. Conclusão: os dados analisados revelam que as características das pessoas atendidas no NROOP, é predominante feminina, idosa e com colostomia por doença oncológica. Estas informações podem auxiliar no planejamento de cuidados com foco em resultados de enfermagem, em prevenção, orientação e ensino do autocuidado. 

Publicado
2018-10-07