DA FRAGILIDADE DO λόγος

Indicações sobre os limites da predicação na Carta VII

  • Estevão Lemos Cruz
Palavras-chave: Platão; Carta VII; predicação; limites da linguagem.

Resumo

Platão, na Carta VII, adverte acerca da fragilidade do λόγος predicativo e sua consequente incapacidade de abordar o ser dos entes. Mas em que consiste tal fragilidade? O presente artigo visa investigar a estrutura do λόγος predicativo desenhado por Platão na Carta VII a fim de encontrar os fundamentos de sua fragilidade. Da investigação resultará que o λόγος predicativo jamais poder ser uma via de acesso primeira aos entes.

Referências

ARISTÓTELES. Analytica Priora et Posteriora. Oxford: Oxford University Press, 1981.
______. Aristotle's Metaphysics. Vol. I e II. Oxford: Oxford University Press, 1975.
______. Categoriae et Liber de Interpretatione. Oxford: Oxford University Press, 1936.
______. De Anima. Oxford: Oxford University Press, 1956.
______. De Anima. São Paulo: Editora 34, 2012.
______. Ethica Nicomachea. Oxford University Press, 1920.
______. Ética Nicomáquea. Madrid: Editorial Gredos, 1998.
______. Metafisica de Aristóteles. Madrid: Editorial Gredos, 1998.
______. Tratados de Lógica (Órganon), Vol. I: Categorías, Tópicos, Sobre las refutaciones sofísticas. Madrid: Editorial Gredos, 2008.
______. Tratados de Lógica (Órganon), Vol. II: Sobre la Interpretación, Analílicos Primeiros, Ananlíticos Segundos. Madrid: Editorial Gredos, 2008.
AUBENQUE, P. O Problema do Ser em Aristóteles: Ensaio sobre a problemática aristotélica. São Paulo: Paulos, 2012.
CORNFORD. F. M. La Teoria Platônica del Conocimento. Buenos Aires: Editorial Paidós, 1968.
CRUZ, E. L. O tempo como critério de verificação da possibilidade do discurso filosófico. Trans/form/ação, Marília, v. 43, n. 3, p. 167-186, Jul./Set., 2020.
HEIDEGGER, M. Logik. Die Frage nach der Wahrheit. Gesamtausgabe Band 21. Frankfurt am Main: Vittorio Klostermann, 1976.
______. Ensaios e Conferências. Petrópolis: Vozes, 2001.
______. Que é uma Coisa?. Lisboa: Edições 70, 2002.
______. Sein und Zeit. Tübingen, Max Niemeyer, 2006.
______. Platão: O Sofista. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2012.
LEWIS, C. T.; SHORT, C. A Latin Dictionary. Oxford: Oxford University Press, 1879.
MORAVCSIK. J. Being and Meaning in the Sophist. Acta Philosophica Fennica 14. Helsinki: Soc. Philosophica Fennica, 1962.
PLATÃO. Platonis Opera. Tomus II: Parmenides, Philebvs, Symposivm, Phaedrvs, Alcebiades I, Alcebiades II, Hipparchvs, Amatores. Oxford: Oxford University Press, 1922.
______. Sofista: Belém: Editora UFPA, 1980
______. Diálogos I: Crátilo. Madrid: Editorial Gredos, 1987.
______. Platonis Opera. Tomus I: Euthyphro, Apologia, Crito, Phaedo, Cratylus, Theaetetus, Sophista, Politicus. Oxford: Oxford University Press, 1995.
______. Carta VII. Rio de Janeiro: Editora PUC-Rio, 2008.
STENZEL. J. Studien zur Entwicklung der platonischen Dialektik von Sokrates zu Aristotele. Leipzig: Teubner, 1931.
Publicado
2021-07-16
Seção
Artigos