FATORES DO TIPO HISTÓRIA DIDÁTICA E SUAS INFLUÊNCIAS NAS DECISÕES DIDÁTICAS NO ENSINO DE EXPRESSÕES ALGÉBRICAS

Resumo

Apresentamos neste artigo uma discussão sobre as decisões didáticas, analisando a influência dos fatores decisionais do tipo história didática no ensino das expressões algébricas. Trata-se de um recorte de uma pesquisa de Doutorado desenvolvida no campo da Didática da Matemática. Para tanto, abordamos essa problemática por meio da teorização e pesquisas acerca das decisões didáticas, com base no modelo dos níveis da atividade do professor, proposto por Margolinas (2002), e do modelo dos fatores decisionais, a partir de Bessot (2018). Elegemos como sujeitos da pesquisa um professor do Ensino Fundamental de uma escola pública, e seus alunos, e como saber matemático, as expressões algébricas. Os resultados obtidos apontam que o processo envolvendo as decisões didáticas pode ocorrer de forma coordenada, sem contradição entre os sujeitos participantes (professor-alunos), desde que os fatores decisionais do tipo história didática sejam identificados como responsáveis por influenciar tais decisões. Os fatores decisionais do tipo história didática fazem parte de forma predominante no processo que determina a tomada de decisão do professor, em especial, no nível 0 da sua atividade.

Biografia do Autor

Tony Regy Ferreira Silva, Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE

Doutor em Ensino das Ciências e Matemática pela da Universidade Federal de Rural de Pernambuco, UFRPE, Brasil.

Anna Paula de Avelar Brito Lima, Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE

Doutora em Educação pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Professora da Universidade Federal de Rural de Pernambuco, UFRPE, Brasil.

Marcus Bessa de Menezes, Universidade Federal de Campina Grande – UFCG

Doutor em Educação pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Professor da Universidade Federal de Campina Grande – UFCG, Brasil.

Referências

BESSA DE MENEZES, M. Praxeologia do Professor e do Aluno: uma análise das diferenças no ensino de equações do segundo grau. Tese de Doutorado, UFPE, 2010.

BESSOT, A. (2018). Modelo para a compreensão das decisões didáticas do professor: fatores de decisão. Atas do 2º LADIMA, 03 a 08 de dezembro de 2018. Jarinu, SP 2018.

BESSOT, A. Les décisions didactiques de l’enseignant: un modèle pour tenter de les comprendre. Educ. Matem. Pesq., São Paulo, v. 21, n. 5, pp. 001-020, 2019.

BESSOT, A.; BITTAR, M. Oficina: Análise de decisões de professor. Educação Matemática Pesquisa, São Paulo, v. 21, n. 5, pp. 021-029, 2019.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Versão Final. Brasília: MEC, 2017. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=79601-anexo-texto-bncc-reexportado-pdf-2&category_slug=dezembro-2017-pdf&Itemid=30192.
Acesso em: 20 de janeiro de 2020.

BRASSET, N. Les décisions didactiques d’un enseignant dans un EIAH. Étude de facteurs de type histoire didactique. Mathématiques [math]. Universite Grenoble Alpes, 2017. Français.

BRITO MENEZES, A. P. (2006). Contrato Didático e Transposição Didática: Inter-relações entre os fenômenos didáticos na iniciação à álgebra na 6ª série do Ensino Fundamental. 2006. 410f. Tese (Doutorado em Educação). Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.

BROUSSEAU, G. Le contrat didatique: le milieu. Recherches en Didactique des
Mathématiques. 9/1, 308-336, 1990.

BROUSSEAU, G. Introdução ao estudo das situações didáticas: conteúdos e métodos de ensino. São Paulo: Ática, 2008.

CHEVALLARD, Y. Organiser l'étude. Cours 3 - Structures & Fonctions. Actes de la XIième Ecole d'été de didactique des mathématiques. Grenoble, La Pensée Sauvage, 2002.

ESPÍNDOLA, E.; TRGALOVÁ, J. Trabalho documental e decisões didáticas do professor de matemática: um estudo de caso. EM TEIA - Revista de Educação Matemática e Tecnológica Iberoamericana - vol. 6 - número 3 - 2015.

ESPÍNDOLA, E.; SILVA, R. de M. da.; BRITO JÚNIOR, J. J. R. T. de. Microdecisões didáticas em uma aula sobre volume de Sólidos geométricos. Educação Matemática em Revista-RS, Ano 21, n.21 - v.2 – p. 37, 2020.

IBRAHIM, S. A. A apropriação dos significados de polinômios: um estudo na perspectiva da teoria histórico-cultural. Dissertação (mestrado) – Universidade de Uberaba. Programa de Mestrado em Educação, 2015.

LAUTESCHLAGER, E. e RIBEIRO, A. J. Formação de professores de matemática e o ensino de polinômios. Educação Matemática Pesquisa, São Paulo, v.19, n.2, 237-263, 2017.

LIMA, I. Uma sequência didática: escolhas e decisões de um professor de matemática. Voces y Silencios: Revista Latinoamericana de Educación, Vol. 2. 2011.

LIMA, I. Conhecimentos e concepções de professores de matemática: análise de sequências didáticas1. Educ. Matem. Pesq. São Paulo, v.13, n.2, pp.359-385, 2011.

LINS, R. C.; GIMENEZ, J. Perspectiva em Aritmética e Álgebra para o Século XXI. Campinas, SP: Papirus, 1997.

LUDKE, M.; ANDRÉ, M. E. D. A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU, 1986.

MARGOLINAS, C. La situation du professeur et les connaissances en jeu au cours de l’activité mathématique en classe. In: Simmt E. et Davis B. (ed.), Actes 2004 de la rencontre annuelle du groupe canadien d’étude en didactique des mathématiques, Edmonton: CMESG/GCEDM, p.1-12, 2005.

MARGOLINAS, C. Situations, milieux, connaissances: Analyse de l’activité du professeur. In Dorier, J.-L. et al. (Eds.) Actes de la 11e École d’Été de Didactique des Mathématiques – Corps, août 2001, p. 141-156. Grenoble: La Pensée Sauvage – Éditions, 2002.

PEREZ, G.; COSTA, G. L. M.; VIEL, S. R. Desenvolvimento Profissional e Prática Reflexiva. Boletim de Educação Matemática (BOLEMA). Rio Claro, v. 15, n. 17, pp. 59-70, 2002.

PONTE, J. P.; BRANCO, N.; MATOS, A. Álgebra no ensino básico. Lisboa: DGIDC, 2009.

SILVA, T. R. F. da. Decisões didáticas e contrato didático: inter-relações no ensino de um saber algébrico / Tony Regy Ferreira da Silva. Tese (Doutorado) - Universidade Federal Rural de Pernambuco, Programa de Pós-Graduação em Ensino das Ciências, Recife - 2020.
Publicado
2021-09-30
Como Citar
Silva, T., Brito Lima, A., & Bessa de Menezes, M. (2021). FATORES DO TIPO HISTÓRIA DIDÁTICA E SUAS INFLUÊNCIAS NAS DECISÕES DIDÁTICAS NO ENSINO DE EXPRESSÕES ALGÉBRICAS. Revista Paranaense De Educação Matemática, 10(22), 200-221. Recuperado de http://revista.unespar.edu.br/index.php/rpem/article/view/912
Seção
Artigos Científicos