A construção do feminino e suas sexualidades em grafitos escolares

  • Adriano Rogério Cardoso Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS)
  • Tânia Regina Zimmermann Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS)

Resumo

Este trabalho objetiva uma reflexão sobre as representações das sexualidades e de gênero em grafitos produzidos por adolescentes em uma Escola Estadual na cidade de Pontalinda, SP entre os anos de 2018 e 2019, bem como identificar e analisar nas imagens alguns anseios, dúvidas, construção de feminilidades, as subjetividades, estigmas e preconceitos de gênero. Em relação a metodologia optamos por uma pesquisa descritiva-exploratória, de cunho qualitativo, no qual utilizaremos elementos da análise crítica de discurso (ACD), pois esta contribui para pensar o conjunto da produção das falas e imagens presentes nos grafitos, permite examinar os aspectos linguísticos, imagéticos e socioculturais. Os resultados parciais da pesquisa apontam a carência de pesquisas sobre essa temática e a existência crescente de preconceitos de gênero e de sexualidades nas escolas. Advogamos a necessidade de problematizar questões de gênero e sexualidades nos discursos das políticas curriculares e nos processos de formação de educadores(as). Medra-se a possibilidade de uma reflexão, de (des)construção de preconceitos e de estereótipos generificados permitindo a formação de pessoas críticas e conscientes em suas subjetividades.

Publicado
2020-06-04
Seção
Dossiê Gênero