Identidades trans nas juventudes: desafios familiares e escolares na linha tênue entre ser-não sendo, e não ser-sendo

  • Pollyanna Rezende-Campos Universidade Católica do Salvador
  • Vanessa Ribeiro Simon Cavalcanti Universidade Católica do Salvador
Palavras-chave: Juventudes. Sexualidades. Direitos Humanos. Educação.

Resumo

O estudo visa descrever e analisar – por meio de revisão de literatura e narrativas de jovens – vivências e relações (familiares e sociais), a partir de representações de sexualidades e de identidades de gêneros de jovens do ensino médio de uma escola da rede pública de Salvador, Bahia – Brasil. Com abordagem epistemológica crítica e de metodologia qualitativa, e em observações empíricas participativas e integradas ao cotidiano escolar, foram entrevistadas/os jovens de 18 a 24 anos acerca de suas experiências identitárias e relacionais. Como resultados, pontos comuns como não tolerância e respeito, conflitos familiares e sentidos sobre identidade/alteridade revelam enfrentamentos, violências sobrepostas e desejos quanto ao reconhecimento de vidas vivíveis.

Biografia do Autor

Vanessa Ribeiro Simon Cavalcanti, Universidade Católica do Salvador

 

 

Publicado
2020-09-22
Seção
Artigos de fluxo contínuo